So long 2011, pode entrar 2012.

Quanta coisa aconteceu esse ano. Por mais que a sensação é que ele tenha durado apenas uma semana, ao mesmo tempo ele significou uma vida toda.

Eu que nunca tinha perdido ninguém na vida(fora meus avós quando eu ainda era muito pequena) tive que lidar a perda de um pai.Um pai que sempre me ensinou que essa vida era passageira, e que o nosso amor era muito, muito maior que ela. Talvez por isso tenha sido mais fácil aceitar, mas isso nao significa que a saudade não aperte muitas vezes.

E como a lei da compensação impera na vida, eu ganhei muitas coisas boas.

Um emprego novo que me deu a segurança que eu precisava para casar.

O casamento em si, lindo, perfeito, mágico, muito melhor do que eu sonhava.

Uma lua de mel perfeita, em um lugar lindo, pra descansar de todo o estresse pré casório.

Uma vida de casada cheia de companherismo, amor e amizade. Nesses 5 meses eu posso dizer que eu amadureci uma vida. Passei a entender minha mãe melhor, me sinto muito mais mulher e finalmente consegui assimlar, de verdade, que a felicidade independe de onde a gente esteja. A felicidade está dentro de nós e não há nada material que possa mudar isso.

Voltei a sapatear e por mais que nesse processo tenha conhecido uma pessoa incrivel para logo depois aceitar que tinha chegado a hora dele partir, voltei a me apresentar em um espetáculo lindo especialmente para ele.

Ganhei um filho de 4 patas lindo. Do jeitinho que eu sonhava, uma pestinha que me enche de alegria mesmo quando faz xixi no chão que eu acabei de passar pano.

Fiz uma ceia de natal na minha casa, como antigamente…. Com uma familia cada vez maior, graças a Deus. Fui responsável pelo peru de natal, que nos meus natais sempre foi deixado de lado, mas que foi devorado, porque graças a Jamie Oliver estava incrível.

Não sei se sou uma eterna sonhadora, uma otimista inverterada mas chego ao final do ano com a mesma sensacao que sempre cheguei. Valeu… o saldo é positivo, agradeço por todos os percalços no caminho, porque são eles que me fazem crescer, me deixam mais forte e preparada para o futuro. Não precisamos de nada para sermos felizes, so a consciência que a felicidade está dentro de nós.